Mala Direta é Confiável?

Mala Direta é Confiável?

A mala direta é uma forma de envio de materiais publicitários pelo correio ou por e-mail. É possível trabalhar diversos tipos de conteúdo e até mesmo de objetos e outros brindes e cartões. Porém, por ser algo que não depende totalmente da empresa, muitas vezes há a dúvida sobre se ela é ou não confiável, e se atingirá os destinatários corretamente.

Você também pensa assim? Confira este artigo que a TargetData preparou e descubra se essa é uma boa opção para suas ações de marketing!

Como fazer mala direta?

O envio de mala direta normalmente não é feito diretamente pela empresa, e sim por algum tipo de trabalho terceirizado. Portanto, fica a cargo da organização preparar o material a ser enviado (seja ele impresso ou não), acertar as listas de envio e, então, encaminhar todo o volume para quem fará a entrega de fato.

Quando se trata de material impresso, o próprio serviço de correio pode fazer o trabalho. Inclusive, há pacotes de serviço específicos para esse tipo de entrega. No caso de envio por e-mail, a empresa precisa fornecer o mailing list para quem fará o trabalho de passagem aos remetentes.

Existem pessoas que trabalham com o envio de mala direta como “freelancers”, por exemplo, como uma maneira de emprego extra. Porém, há também empresas e plataformas especializadas nesse tipo de trabalho. Elas funcionam de maneira similar a algumas de disparo de e-mail marketing, mas com maior foco em volume.

Entretanto, por ser um contato indireto com o cliente, há dúvidas sobre a confiabilidade de um processo como esse, o que é justificável.

Afinal, mala direta é confiável?

Essa é uma dúvida comum, mas para que uma ação de marketing direto como essa seja confiável, a empresa pode tomar certos cuidados a fim de garantir a eficiência:

  1. ofereça uma lista de cadastro de clientes atualizada e correta, principalmente em termos de nome, endereço, telefone e, no caso de uma mala eletrônica, um mailing com os contatos certos, sem esquecer da segmentação;
  2. procure empresas confiáveis e idôneas para realizar o envio ou indicações de freelancers que já tenham trabalhado previamente para organizações parceiras, por exemplo.

Outro ponto é que, por meio de sistemas específicos, é possível rastrear as entregas e o quanto a ação foi efetiva, e não só para envios eletrônicos!

O próprio material impresso pode ter suas entregas registradas também, inclusive com detalhes se alguém não quiser receber.

Gostou de saber mais sobre a mala direta? Confira outros artigos sobre ações de sua empresa aqui, no blog da TargetData!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *